Dicas Rápidas

Transformação Digital: Como a tecnologia está alterando os processos na saúde

Há alguns anos, o que diferenciava um hospital era a alta capacitação de seu quadro clínico, equipamentos de última geração e a rapidez no atendimento. Atualmente, ferramentas de inteligência artificial, controles preditivos e a internet das coisas fazem parte do cotidiano de hospitais. São os hospitais tidos como digitais.
​O uso da tecnologia está revolucionando processos, aumentando a segurança do paciente e criando um novo conceito de saúde. Afinal, já se fala em tratar o paciente antes que ele fique realmente doente!

A transformação digital na saúde

Agora, vamos imaginar um atendimento médico em um Hospital no futuro. O paciente, ao perceber que precisa de cuidados, acessa seu app de saúde e localiza o hospital mais próximo. Com isso, o processo de atendimento é iniciado remotamente. Assim, quando ele chega ao hospital a sua ficha digital já está aberta. Depois disso o paciente assina pelo próprio aplicativo os termos de atendimento e seu tempo de espera é reduzido.

No atendimento ambulatorial, o médico acessa seu prontuário eletrônico completo, com o histórico de consultas anteriores, neste e em outros hospitais e clínicas, tendo as informações mais relevantes e os exames recentes, com observações sobre cuidados prévios, além de possíveis riscos de interações medicamentosas.

Então, o médico acessa a plataforma de monitoramento pessoal do paciente. Nela, as atividades diárias diárias realizadas pela pessoa são registradas através de sensores implantados em seu corpo. A plataforma ainda sinaliza possíveis alterações em tempo real. Dessa forma, ela apoia tanto a tomada de decisão, quanto os exames e/ou indicações de tratamento. Assim, temos a inteligência artificial e a internet das coisas a serviço do médico.

Agora, acaba a consulta, o profissional de saúde emite uma receita eletrônica que poderá ser dispensada em qualquer farmácia. Por fim, o paciente sai do atendimento e seu prontuário médico pessoal já está atualizado. Com isso, todas as autorizações necessárias aos procedimentos foram previamente aprovadas e sua única preocupação é com a plena recuperação.

Essa tecnologia está mais próxima do que parece

​Pode parecer um tanto futurista, mas alguns destes processos de transformação digital são realidade em hospitais no Brasil e no mundo. Especificamente em São Paulo, o Hospital Leforte, por exemplo, possui o aplicativo Leforte que conta com o recurso do check-in no pronto-socorro que permite ao paciente iniciar seu atendimento antes mesmo de chegar ao hospital. Este aplicativo, como outros disponíveis em páginas da internet de hospitais altamente especializados, como Hospital São CamiloHospital SamaritanoHospital Nove de Julho, permitem ainda o agendamento de consultas e exames on-line. O Hospital Israelita Albert Einstein lançou o app Meu Einstein que, adicionalmente aos agendamentos mais comuns, permite ainda o acesso aos históricos de consultas e exames à disposição de seus pacientes.

Hospitais reconhecidos como digitais pela HIMSS, que adotaram o modelo do Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP), em seu nível máximo (7) pressupõem que os dados clínicos estão disponíveis em todas as rotinas hospitalares, que as integrações permitem tanto o compartilhamento das informações clínicas, interna e externamente, quanto à análise dos dados aos diversos setores competentes.

Atualmente, no Brasil, os hospitais deste seleto grupo são: Márcio Cunha de Ipatinga/MG; Unimed Volta Redonda; e Unimed Recife. Os três contam com processos reconhecidos internacionalmente. As vantagens da implantação do PEP são ainda maiores quando incluímos à estes projetos a assinatura e a certificação digital nas evoluções clínicas. Os benefícios deste modelo extrapolam a garantia de uma base de dados íntegra e com registro da autoria. Afinal, estas soluções permitem a eliminação do papel durante as diversas etapas da evolução do paciente. Além disso, possibilitam a garantia jurídica dos diversos processos. Melhorando assim as rotinas internas e aumentando a margem operacional, já que reduzem custos tanto no curto quanto longo prazo.

Os próximos passos da transformação digital nos processos da saúde

As próximas mudanças a impactar diretamente a relação médico-paciente devem ocorrer com adoção em maior escala da Telemedicina. Além disso, temos o uso da Computação Cognitiva e da Inteligência Artificial no apoio à tomada das decisões clínicas, bem como pelas mudanças comportamentais de “usuários altamente conectados” às novas tecnologias em serviços.

Em contrapartida, temos ainda uma grande parte da população sem acesso a inclusão digital. Inclusive, são pessoas totalmente dependentes de regulamentações e legislações que permitiriam a difusão destes benefícios na rede pública de saúde. Temos um dos maiores sistemas públicos do mundo e estamos digitalmente desconectados.

Por fim, ainda há um longo caminho a percorrer, mudanças organizacionais e estruturais para desenvolver e rupturas culturais a discutir. O fato sobressalente é de que a transformação digital na Saúde é um caminho sem volta, que trará consigo diversos benefícios para a qualidade de vida das populações futuras. Você está preparado para estas mudanças?

E-VAL Saúde, uma empresa do Grupo E-VAL

A E-VAL Saúde é uma empresa especializada em certificação digital, segurança da informação, com foco em assinatura digital, autenticação e proteção de dados, em especial para assinatura digital de prontuários eletrônicos do paciente, gerenciamento eletrônico de documentos e demais documentos de seu hospital, operadora, laboratório ou clínica. A E-VAL Saúde tem mais de 10 anos de experiência no mercado da saúde.

Fale conosco, os especialistas da E-VAL Saúde terão o maior prazer em atendê-los, contribuindo para o desenvolvimento dos seus projetos e a melhoria contínua da segurança do seu hospital, operadora, laboratório ou clínica.