Assinatura Digital Dicas Rápidas

Como calcular o retorno de investimento (ROI) em projetos de forma simples

Atualmente, muito se fala sobre o retorno de investimentos em projetos, tanto em processos de transformação digital, bem como na melhoria operacional. Entretanto, para muitos gestores financeiros ou gerentes de projetos, calcular o retorno do investimento pode ser um desafio ainda maior. No conteúdo deste mês, vamos compartilhar nossa experiência na projeção do ROI em projetos PAPERLESS na área da Saúde.

Mas o que é o ROI?

Antes de falar sobre como mensurar o retorno de um investimento, precisamos entender o que este conceito significa. A definição simplificada que consta no website da Investopedia, é de que o ROI ou Return on Investment é um indicador usado para valorar a eficiência de um investimento frente a diversos outros possíveis investimentos. O ROI avalia a quantidade de retorno do investimento frente ao custo deste investimento. Parece confuso? O objetivo deste indicador é facilitar a decisão de um executivo sobre qual investimento é melhor para ser efetuado.

E como ele é calculado?

Agora que sabemos o que ele significa, precisamos entender como calculá-lo e interpretá-lo adequadamente para realizar os investimentos certos. Vamos usar como exemplo o projeto do Hospital Samaritano. Já que ele possui dados publicados sobre o volume mensal de impressões anteriores a implantação do projeto de assinatura digital para documentos clínicos. Conforme publicação do TiInside Online, na matéria intitulada “Sistema reduz em 50% o consumo de papel no Hospital Samaritano”, este hospital consumia cerca de 1 milhão folhas por mês e teve este número reduzido em 50% após a implantação da assinatura digital em seus processos clínicos. Considerando os dados da própria reportagem, o investimento neste projeto foi de R$ 325mil. Com estes dados podemos criar alguns cenários para a avaliação de possíveis resultados.

Vamos aos exemplos!

Em um primeiro exemplo, consideraremos o investimento para a implantação do projeto como R$ 325mil (investimento) e o volume de 1 milhão de folhas impressas mensalmente (custo atual). Para nosso cálculo, vamos estimar que os gastos com impressão por folha fosse de R$ 0,14 no período em questão. Utilizaremos um horizonte de curto prazo, com 12 meses. Entretanto, este período pode ser alterado pelo executor da avaliação do ROI, baseado em outras premissas de projeto.

Desse modo, teríamos um custo anual total com impressões de R$ 1.680mil, sendo a economia citada de metade deste montante. Portanto a rentabilidade neste projeto chegaria a R$ 840mil. Assim, utilizando a fórmula simplificada para cálculo do ROI, teríamos:

ROI = (Ganho no Investimento Custo do Investimento) / Custo do Investimento
ROI = (840mil – 325mil) / 325mil
ROI = 1,5

No exemplo acima, o investimento obteve um ROI de uma vez e meia em relação ao valor a ser investido. Comparando com os gastos anuais com impressões. Dessa maneira, um comitê de investimentos provavelmente avaliaria este projeto como viável. Afinal, no comparativo entre o custo anterior, frente ao investimento futuro, o resultado foi positivo.

O ROI é muito importante, mas não deve ser usado sozinho

Entretanto, é importante que gestores interessados em submeter projetos à comitês de análise de investimentos não utilizem apenas um indicador. Indicadores qualitativos são extremamente poderosos e podem apoiar na aprovação de projetos com ROI calculado menor do que 1 no curto prazo, mas que possuam resultados adicionais na qualidade, eficiência e melhoria de processos no longo prazo. Em uma segunda análise, consideremos todos os demais dados do primeiro case, mas vamos reduzir os gastos com impressão por folha para R$ 0,05 no período em questão. Neste exemplo temos um custo total anual de R$ 600mil com impressões, com redução estimada em R$ 300mil no ano.

ROI 1 ano= (Ganho no Investimento Custo do Investimento) / Custo do Investimento
ROI= (300mil – 325mil) / 325mil
ROI = –0,7

No exemplo acima, o investimento obteve um ROI negativo em relação ao valor a ser investido. Qual seria sua avaliação sobre este projeto observando apenas este indicador? Provavelmente, em uma primeira análise, este projeto pareceria inviável, correto? Entretanto, se o investimento de R$ 325mil não fosse recorrente, mas apenas no período inicial, ao alterarmos o horizonte para 24 meses temos um ROI positivo, conforme abaixo.

ROI 2 anos = (Ganho no Investimento Custo do Investimento) / Custo do Investimento
ROI= (600mil – 325mil) / 325mil
ROI = 0,84

Portanto, a análise de viabilidade de um projeto pode utilizar o ROI como um importante indicador, mas não só ele. Planejamento prévio das melhorias objetivadas, análise adequada dos impactos futuros pela mudança no modelo operacional e direcionamento correto do horizonte de tempo na avaliação dos resultados. Sem duvida, estes são os segredos para que o resultado de qualquer investimento seja sempre positivo!

E-VAL Saúde

A E-VAL Saúde é uma empresa especializada em certificação digital, segurança da informação, com foco em assinatura digital, autenticação e proteção de dados, em especial para assinatura digital de prontuários eletrônicos do paciente, gerenciamento eletrônico de documentos e demais documentos de seu hospital, operadora, laboratório ou clínica. A E-VAL Saúde tem mais de 10 anos de experiência no mercado da saúde.

Fale conosco, os especialistas da E-VAL Saúde terão o maior prazer em atendê-los, contribuindo para o desenvolvimento dos seus projetos e a melhoria contínua da segurança do seu hospital, operadora, laboratório ou clínica.