Dicas Rápidas Proteção de Dados

6 benefícios do PEP para o faturamento de contas médicas

Nós já falamos aqui no blog sobre as qualidades do PEP para o dia a dia dos médicos. O próximo passo é abordar os diversos efeitos positivos que ele também pode causar no faturamento de contas médicas e, consequentemente, na administração das instituições como um todo.

Não custa relembrar que o PEP é um sistema que concentra tanto o histórico clínico do paciente, quanto suas informações mais atuais. Dessa forma, o diagnóstico médico é otimizado, ganhando em assertividade. Por evitar, ou mesmo eliminar erros, uma solução de prontuário eletrônico gera mais segurança tanto para o profissional, quanto para a pessoa que é atendida. Quando se conhece o histórico do paciente, esse sistema pode até gerar alertas automáticos no caso de um medicamento receitado entrar em conflito com alguma alergia da pessoa atendida.

Dessa vez vamos além do consultório. Como o PEP envolve e influencia a administração e as diversas equipes profissionais em uma instituição de saúde? Ele participa da organização do faturamento e do fechamento das contas médicas.

Faturamento e administração

Isso acontece porque há soluções desse tipo que podem registrar os custos com materiais, insumos, pessoal, energia elétrica, manutenção e muitos outros que envolvem o trabalho em uma instituição de saúde. Nesse caso, são as pessoas envolvidas na administração quem mais utilizam os procedimentos eletrônicos. Afinal, são elas que participarão da emissão das faturas, e de auditorias dos prontuários.

Vemos que uma solução de prontuário eletrônico pode envolver toda a instituição, já que vários departamentos e profissionais de diferentes áreas acabam participando dos processos para que o sistema funcione corretamente e gere muitos resultados positivos.

Temos 7 benefícios que o uso do PEP pode levar às constas médicas e outras questões administrativas:

Redução de Glosas

O PEP pode ser excelente para reduzir glosas. Afinal, ao utilizar assinatura eletrônica no prontuário eletrônico, o grau de validade jurídica dele aumenta substancialmente. Isso mitiga o risco de fraudes e dá maior segurança para o convenio medico realizar os pagamentos. Vale lembrar que há muito mais que o atendimento em si, estão inclusas as justificativas emitidas pelo médico para a liberação de materiais, medicamentos, bem como para a realização de procedimentos. Além disso, também pode-se registrar todos os atos da equipe multidisciplinar, entre outros dados.

Por fim, sobre este tópico vemos como o PEP é capaz de reduzir as glosas, bem como evitar a judicialização. Além disso ele também diminui a probabilidade de o médico auditor contestar um ato, o que melhora a relação entre os profissionais.

Otimização das cobranças médicas

Ao utilizar uma solução de PEP você cadastra as operadoras de planos de saúde no sistema com suas regras comerciais. Dessa forma, torna-se automática a validação de cobertura dos procedimentos prescritos. Esses aspectos do prontuário eletrônico diminuem a burocracia. Afinal, quando uma autorização prévia é necessária, ela é automaticamente encaminhada ao departamento competente. Além disso, torna-se necessário ao médico justificar à operadora qual conduta será utilizada a fim de requerer a autorização necessária.

Por outro lado, há procedimentos que já possuem autorização prévia. Estes já serão carregados na conta. Ao utilizar todas essas características, o PEP oferece a otimização das cobranças médicas. Mais um auxílio à administração e ao faturamento.

Agilidade do ciclo financeiro de contas médicas

Em média, o ciclo financeiro de uma conta passa de 2 meses e meio. Este é um aspecto complicado para a administração. Afinal, além de lidar com longos períodos de tempo, isso gera um grande acumulo de contas no faturamento. Chato, não?

Após a alta do paciente e o envio da conta ao convênio, o PEP assinado digitalmente costuma reduzir substancialmente o tempo do ciclo financeiro da cobrança, que pode ser em torno de 40% do tempo, o que equivale a mais ou menos 50 dias a menos. Um ótimo ganho em eficiência!

Otimização da administração e do faturamento de contas médicas

É comum um atendimento gerar várias ordens médicas. Por exemplo, honorários, remédios, diferentes tipos de exames e outras mais. Uma solução de prontuário eletrônico do paciente pode ser capaz de registrar todas essas informações. Dessa forma, automatiza-se a solicitação dos materiais e medicamentos necessários ao tratamento do paciente. Além disso, o PEP também pode verificar a cobertura do plano de saúde e a necessidade de autorização em casos específicos.

Mais uma vez vemos como uma solução de PEP otimiza a administração e o faturamento de contas médicas, trazendo mais transparência e segurança às instituições que o utilizam.

Segurança para a gestão em saúde

Como medida de segurança para o gerenciamento de acesso às informações do sistema de saúde, é muito importante autenticar usuários. Isso vale tanto para organizações, quanto para pessoas. No PEP isso é comumente feito com base no usuário e senha ou mesmo o próprio certificado digital do médico, enfermeiros e equipe multidisciplinar do hospital.

Soluções de assinatura eletrônica ligadas ao PEP promovem não só mais eficiência, como também mais segurança às instituições de saúde e aos provedores de assistência médica, garantindo assim a proteção de dados, tão cara à nossa sociedade. Dessa forma, o faturamento de contas médicas também ganha muito em segurança.

O fim da perda de prontuários

Perder um prontuário pode causar diferentes problemas, inclusive danos irreparáveis. Como tomar uma decisão rápida no momento em que uma vida está em jogo sem ter o prontuário do paciente em mãos? Entretanto, com o auxílio da tecnologia, as instituições podem evitar passar por esse tipo de situação.

A perda de um prontuário também pode causar problemas ao faturamento de contas médicas. Se ele ocorrer antes das cobranças, como a instituição verificará o que foi feito e acionará o convênio? Esse é mais um benefício importante gerado pela adoção de uma solução de prontuário eletrônico. A preocupação com a perda de prontuários é tão relevante que já fizemos um post no blog só para tratar este assunto. Você pode conferir o texto clicando aqui.

Só o PEP não basta

Além de adotar o prontuário eletrônico do paciente, é importante que a instituição tenha processos de gestão bem estruturados. Afinal, eles precisam ser definidos, precisam ser claros e todos os profissionais devem conhece-los e utiliza-los para que a administração seja bem sucedida. O PEP é uma ferramenta muito útil para auxiliar em todos esses momentos.

E-VAL Saúde, uma empresa do Grupo E-VAL

A E-VAL Saúde é uma empresa especializada em certificação digital, segurança da informação, com foco em assinatura digital, autenticação e proteção de dados, em especial para assinatura digital de prontuários eletrônicos do paciente, gerenciamento eletrônico de documentos e demais documentos de seu hospital, operadora, laboratório ou clínica. A E-VAL Saúde tem mais de 10 anos de experiência no mercado da saúde.

Fale conosco, os especialistas da E-VAL Saúde terão o maior prazer em atendê-los, contribuindo, assim, para o desenvolvimento dos seus projetos e a melhoria contínua da segurança do seu hospital, operadora, laboratório ou clínica.