Uncategorized

2021: 5 principais previsões sobre o futuro digital na área de saúde após COVID-19

Não há dúvida de que 2020 foi o ano em que o setor de saúde se tornou digital. Impulsionado por uma pandemia global que nos obrigou a realizar a maioria de nossas atividades online. Com vacinas eficazes à vista, 2021 poderia sinalizar um retorno ao ‘normal’, ou as visitas dos pacientes e as terapias como as conhecemos mudaram para sempre? 

A convergência de IA, análises e cálculos permitirá que a saúde se torne um negócio mais orientado para a medição e fomentará inovações que terão um impacto de longo alcance em como os negócios funcionarão a longo prazo.

Definindo um futuro digital na área de saúde após a pandemia de COVID-19

O setor de saúde tem basicamente seis grandes desafios pela frente em 2021: dimensionamento correto após a explosão da telemedicina, ajustar-se às mudanças nos ensaios clínicos, consolidação dos procedimentos digitais que aliviam a carga do médico, reformulação de portfólios de saúde para o crescimento e construir uma cadeia de suprimentos resiliente e responsiva para o segmento médico de longo prazo.

A previsão é para um 2021 incerto. Enquanto em 2020 muitas organizações de saúde viram seus planos serem transformados totalmente, o comportamento dos pacientes mudaram radicalmente e o atendimento virtual explodiu, em 2021 as instituições de saúde deverá trabalhar para recompor o sistema.

Não como sempre foi, mas de uma forma que muda completamente a prestação de cuidados de saúde, reconectando caminhos interrompidos e dando um salto gigante em direção a um sistema de saúde centrado no consumidor.

Aqui está o que o novo ano reserva para a tecnologia de saúde.

1. Os consumidores estarão no comando em 2021

A forma como os pacientes vivenciam os cuidados de saúde está evoluindo, e essas mudanças, catalisadas pelo comportamento do consumidor, pela COVID-19 e pelo avanço da tecnologia, entre outros aceleradores, estão causando a reestruturação da dinâmica dos cuidados da saúde.

Os níveis de expectativa do consumidor em relação à saúde virtual e digital também estão aumentando, e os processos de negócios mudarão para atender a essas expectativas. 

Como resultado, a tecnologia ajudará os provedores de saúde a atender aos novos níveis de expectativa do ‘digital’ em suas ofertas de atendimento, e os consumidores assumirão o controle de suas próprias jornadas pela saúde.

As organizações médicas serão pressionadas a usar a tecnologia para apoiar os pacientes em suas vidas diárias, incluindo o apoio aos aspectos sociais da saúde. Na prática, os pacientes esperam que suas experiências sejam personalizadas e adaptadas às suas preferências e interações atuais.

2. Os serviços de atendimento virtual serão expandidos, mas haverá riscos

Os reembolsos para atendimento virtual provavelmente serão expandidos em 2021, pois um novo modelo híbrido que combina atendimentos de telemedicina e visitas pessoais se tornará o padrão.

Embora as instituições de saúde tenham começado com assistências pontuais em diferentes tipos de atendimento, 2021 verá o aumento contínuo no uso e na eficácia dos serviços de atendimento virtuais que se pensavam ser presenciais apenas, como maternidade, pós-parto e pediatria.

Gestores de hospitais e clínicas médicas estão notando essa mudança, indicando que a expansão dos serviços virtuais de saúde é uma prioridade e aumentará rapidamente à medida que os administradores procuram oferecer benefícios flexíveis e convenientes para apoiar os funcionários e aumentar a produtividade.

Porém, há uma desvantagem na rápida mudança para o atendimento virtual, 2021 verá o aumento de ataques virtuais e os primeiros registros de negligência médica relacionados ao atendimento virtual.

Por meses, os provedores de saúde estiveram em dificuldade ao enfrentar os desafios da pandemia. À medida que novas formas de atendimento se configuram, é certo que as reivindicações relacionadas ao COVID e outros procedimentos também estejam no horizonte.

3. 2021 será fundamental para o aprendizado de máquina e inteligência artificial

O setor de saúde teve os primeiros contatos com os avanços em IA, mas em 2021, o setor de saúde começará a ver os benefícios do aprendizado de máquina em soluções altamente escalonáveis.

A nova tecnologia pode, por exemplo, detectar e corrigir muitos problemas com a administração de medicamentos, ao mesmo tempo que ajuda a aumentar as receitas do hospital. Além disso, os fornecedores estão aceitando cada vez mais o papel da IA ​​na medicina e a capacidade de identificar sequências e tendências em dados que os humanos não conseguem.

A tecnologia, quando usada em hospitais, também ajudará a dimensionar o trabalho dos enfermeiros na linha de frente, aumentar a eficiência operacional e fornecer monitoramento virtual do paciente para prever e prevenir eventos adversos do paciente.

4. A mudança para a nuvem aumentará

As pressões financeiras da pandemia levaram muitos provedores a reavaliar os custos gerais de gerenciamento de sua infraestrutura de TI no local e isso está levando a uma mudança para plataformas de saúde baseadas em nuvem.  

Os sistemas baseados em nuvem permitirão que os provedores acessem os dados do paciente em qualquer lugar, possibilitando telemedicina e melhor coordenação do atendimento.

5. Relações digitais que facilitarão o trabalho médico

Até agora, o setor de saúde se concentrou mais na facilidade e simplicidade das soluções de tecnologia para os consumidores, e menos para os médicos que os tratam. Isso pode estar mudando em 2021.

Melhorar a experiência do médico é uma prioridade para as organizações de saúde entrarem em 2021. A tecnologia digital, se bem feita, pode ser o antídoto para incontáveis ​​pontos de dor que os médicos encontram todos os dias, levando a médicos mais eficientes e satisfeitos, pacientes mais felizes e mais encaminhamentos de pacientes.

Muito antes da pandemia, muitos médicos já estavam cansados ​​e esgotados, perdendo muito tempo com tarefas administrativas e querendo mais da tecnologia digital, especificamente sistemas de registros eletrônicos de saúde. 

Eles ainda lutam com procedimentos burocráticos, alertas e requisitos regulatórios que minam sua eficiência e capacidade de fornecer uma boa experiência para os pacientes. Questões como autorizações de terceiros e protocolos de atendimento e tratamento estão prejudicando o atendimento ao paciente.

Com a telemedicina se popularizando como um subproduto da pandemia, eles também são desafiados a convergir os mundos de atendimento virtual e presencial de uma forma mais ampla do que nunca.

As organizações de saúde podem alcançar eficiência com melhores relacionamentos digitais. De fato, a pandemia pode ter acelerado os esforços dos pagadores para reduzir a carga administrativa dos médicos que resultaram em alívio médico, pelo menos durante a emergência de saúde pública.

Em 2021, espera-se mais investimentos por parte dos administradoras de saúde em automação de processos, com portais aprimorados de atendimento por meio dos quais os provedores podem ver o que está acontecendo com diferentes reclamações, ou o processamento direto, que visa automatizar as transferências entre diferentes sistemas.

A E-VAL Saúde pronta para um 2021 incerto

O ano de 2020 foi desafiador para todos nós, pessoal e profissionalmente. Com o grande impacto na sociedade, este período será visto como um ponto de inflexão, cheio de esforços heróicos e tragédias. Ele moldará os contornos dos serviços de saúde nas próximas décadas.

A pandemia levou a uma maior conscientização de como a tecnologia pode ser aproveitada remotamente para ajudar todos a lidar com todos esses grandes desafios. 

Por sua vez, 2021 será um ano decisivo para as instituições e profissionais de saúde. Depois que a crise passar, veremos a consolidação de um momento de grande transformação, com soluções de tecnologia que ajudaram as instituições de saúde a conduzir estratégias orientadas para grandes resultados.

A E-VAL Saúde continua em 2021 oferecendo todo o suporte necessário aos profissionais de saúde e organizações médicas. Nosso time especializado vai estar a disposição para garantir que objetivos como a proteção e privacidade de dados, aumento de produtividade, eficiência operacional e principalmente o melhor atendimento ao paciente sejam alcançados neste novo ano e nos demais que estão por vir.

E-VAL Saúde, uma empresa do Grupo E-VAL

A E-VAL Saúde é uma empresa especializada em certificação digital, segurança da informação com foco em assinatura digital, autenticação e proteção de dados, em especial para assinatura digital de prontuários eletrônicos do paciente, gerenciamento eletrônico de documentos e demais documentos de seu hospital, operadora, laboratório ou clínica. A E-VAL Saúde tem mais de 10 anos de experiência no mercado da saúde.

Fale conosco, os especialistas da E-VAL Saúde terão o maior prazer em atendê-los, contribuindo para o desenvolvimento dos seus projetos e a melhoria contínua da segurança do seu hospital, operadora, laboratório ou clínica.

Até breve!